BrunoGomes.me

Don't Panic I am Programmer.

Git - Zero to Hero Part 1

Por que Git?

Como programadores uma habilidade importante que devemos ter em nosso mindset é domínio de um bom versionador de código. Fica meio chato ter que ligar para alguém no meio da noite para pedir a versão do código de produção para resolver um bug, não acham?

Um versionador de código que está sendo usado em larga escala pelas equipes de desenvolvimento não só aqui no Brasil mas também ao redor do mundo é o Git. Então se você deseja fazer parte de boas equipes, é fundamental que você domine o Git e seus conceitos.

Histórico

O Git foi criado em 2005 por Linus Torvalds, o mesmo criador do Linux, que estava descontente com o BitKeeper, o sistema de controle de versão utilizado no desenvolvimento do kernel do Linux.

Hoje em dia, além do kernel do Linux, a ferramenta é utilizada em diversos outros projetos de código aberto. O Git também é bastante utilizado em empresas em todo o mundo, inclusive no Brasil.

Em 2008, foi criado o GitHub, uma aplicação Web que possibilita a hospedagem de repositórios Git, além de servir como uma rede social para programadores.
Diversos projetos de código aberto importantes são hospedados no GitHub como jQuery, Node.js, Ruby On Rails, Jenkins, Spring, JUnit e muitos outros.
Inclusive os arquivos deste blog também são controlados pelo Git e estão no Github.

Shutup and Show me the code!

Chega de falar, vamos aos exemplos práticos. Antes de começar a primeira coisa que devemos fazer é instalar o Git.

Instalando no Linux

Para Debian ou Ubuntu basta executar o comando abaixo:

$ sudo iapt-get install git

Para o Fedora:

$ sudo yum install git

Para as demais distribuições Clique Aqui.

Instalando no Mac

Para instalar o Git no Mac Os Clique Aqui.

Instalando no Windows

Se você usa o Windows meus pêsames Clique Aqui e baixe a última versão disponível.

Configurando

Agora vamos dizer ao Git quem nós somos, afinal quando se trata de um controle de versão umas das coisas importante é saber quem está executando alguma ação.

$ git config --global user.name "Seu Nome"
$ git config --global user.email seu@email.com